AutoconhecimentoMudança de HábitosProdutividade

3 Formas de Perder Tempo e Destruir Seu Futuro de Forma Eficaz: O Guia Absolutamente Completo

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz
3 Formas de Perder Tempo e Destruir Seu Futuro de Forma Eficaz: O Guia Absolutamente Completo
Classificar este artigo

O que tem lhe feito perder tempo nessa vida?

Você já ouviu falar no ópio? Uma droga que lhe tira completamente dá realidade.

Hoje vivemos uma época extremamente confusa quanto a realidade, pois temos vários tipos de ópios a disposição de todos.

Não sabemos o que de fato é real ou não.

Temos também hoje em dia milhares de opções (distrações) que acabam nos levando para um outro universo.

Não conseguimos nos concentrar, temos dezenas de coisas para fazer ao mesmo tempo, com isso a mente se torna um picadeiro com muitos espetáculos.

Não sabemos qual será a próxima mídia social que irá dominar a internet. Sabemos que queremos estar dentro.

Pois não podemos ficar de fora das modinhas que vem como chiclete para absorver a nossa identidade e nos levar para uma zona de ilusão.

E porque ansiamos tanto por tecnologias ou distrações como filmes, seriados, jogos, baladas, bebidas, drogas etc?

Quer a resposta para esses e muitos outros questionamentos?

Fica comigo até o final desse artigo que tenho certeza que irá mudar suas convicções quanto a maneira que conduzirá sua vida. Pois iremos falar sobre:

– O desperdício dá mente

– O barato chamado Netflix

– O perverso Candy Crush

– As mídias sociais e sua sensualidade

– O mindset com foco e disciplina

Gostou do que vai aprender? Acha que seus amigos merecem aprender isso também? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais

– Facebook

– Twitter

– Linkedin

– Google+

O desperdício dá mente

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz - desperdicio da mente

O nosso cérebro é uma espécie de computador biológico composto por células com uma memória cuja capacidade de armazenamento é ainda desconhecida.

Suspeita-se que essa capacidade seja ilimitada, mas não temos como medir com exatidão.

A mente comanda a memória e o cérebro. O cérebro é um processador potente que trabalha de modo paralelo e distribuído, ou seja, é capaz de realizar várias tarefas ao mesmo tempo.

Mas e ai, como temos usado essa máquina extraordinária? Será que realmente temos utilizado todo o nosso potencial?

Acredito que não, temos preguiça.

Esse é um dos motivos de nos mantermos as vezes por muito tempo de forma estática, sem sair do lugar para nada.

Os tempos modernos tem nos trazido muitas mudanças e exigências, como a capacidade de pensar e de tentar gerenciar várias tarefas ao mesmo tempo.

Contudo, muitas responsabilidades e afazeres exigem de nós muitas analises e, por vezes, nós pegamos pensando, pensando e pensando, sem conseguir partir para ação.

E acabamos nos questionando: perdemos a chance de pensar com calma ou será que estamos pensando demais e, por isso, não saímos do lugar?

Pensar demais não é um problema, pelo contrário, pessoas que usam a cabeça sempre são vistas com admiração e respeito.

Mas e daí? O que os pensamentos têm a ver com a perda de foco, concentração e o desperdício da mente?

O pensamento é a ponte através da qual buscamos as soluções para os problemas que enfrentamos no cotidiano. Não existe mal nenhum em pensar.

Os problemas iniciam, na verdade, quando a qualidade e, em particular, a quantidade de pensamentos que não nos ajudam se tornam inconvenientes e incontroláveis.

Pensamentos repetitivos, negativos, viciosos têm tirado o foco de muita gente, impedindo a manifestação de pensamentos elevados, criativos e reflexivos.

Todos nós já tivemos momentos de descontrole com os nossos pensamentos aonde não conseguíamos parar de pensar em algum momento.

O caos mental tem perturbado a muitos hoje.

Pior ainda é saber que 80% a 90% dos pensamentos que a mente produz são inúteis e repetitivos.

E se é fato que pensamento gera comportamento, manter na mente sequencias de pensamentos negativos pode levar, sim, a problemas de desordem emocional e doenças psicossomáticas.

Portanto, pensar demais torna-se uma doença grave quando esse ato sepulta um dos maiores dons humanos: a capacidade de parar, analisar, pensar, refletir e tomar a melhor decisão para si e para as outras pessoas.

O que vem te atrapalhando tanto? Vamos abordar algumas distrações que tem sido um caos na vida de alguns. Vamos la?

#1 O barato chamado NetFlix

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz - o barado chamado netflix

Não quero em momento algum falar mal da empresa cinematográfica digital Netflix (inventei esse termo agora), mas sobre o comportamento de algumas pessoas em relação a ela, pois eu mesmo sou assinante da mesma.

E primeiro preciso confessar o meu “pecado” a vocês. Eu já utilizei desse barato para não enfrentar a mim mesmo.

Era uma forma de fuga para mim, escolher uma serie e passar o dia inteiro assistindo-a como uma forma de procrastinar em relação a vida com a mera desculpa de que estava no meu momento de lazer.

Mas enquanto me entorpecia com aquela gama de episódios fictícios de novelas americanas, eu acabava deixando de lado o que realmente importava para mim.

Até que tive que colocar um fim nessa droga compulsiva.

Percebendo que estava perdendo muito tempo na frente da TV tive que despertar para o que eu estava fazendo com muitas horas do meu dia, deixando de produzir e chegar mais próximo de meus sonhos.

Trouxe o exemplo da Netflix pois é algo que tem invadido como uma febre essa geração, trazendo milhares de filmes e seriados a sua disposição a um preço bem acessível.

Mas sabemos que existe uma gama de distrações online e na TV aberta, ou até mesmo na TV acabo. Como sites de fofoca, sites pornográficos, novelas, “o canal do boi’ rs, etc

Depois que decidi priorizar os meus projetos pessoais, meus sonhos e abrir mão de algumas distrações percebi o quanto minha vida girou dando uma volta de 360º.

Mas aí você deve estar se perguntando. Fábio você disse que é assinante da Netflix, como você assisti algo que condena? Pois você acabou de afirmar que agora prioriza outras coisas.

Muito bem, hoje a utilizo como forma de recompensa quando concluo uma meta, um objetivo e se estou acompanhando uma serie, jamais me deixo levar como um zumbi por ela, eu determino quantos episódios assistirei, e geralmente é só um por dia, quando muito são dois, e digo já chega.

Em períodos como esses de muitas distrações precisamos estar despertos para o que verdadeiramente importa para nós.

Se nos deixarmos levar acabaremos como alguém frustrado que não consegue levar a acabo os planos e no final ainda arrumaremos um culpado para os nossos fracassos.

Precisamos de autocontrole

O que leva as pessoas como zumbis por essas series é a falta de autocontrole, e com o embate do dia a dia acabamos chegando cansado em casa e utilizamos a TV como anestesia, acreditando com isso, ter um momento de relaxamento que faça aquele dia realmente valer a pena.

#2 O Perverso Candy Crush

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz - candy crush

O autocontrole é a sua chave para manter o foco aonde verdadeiramente importa. E o foco é a sua chave para obter o poder de realização.

O autocontrole irá abrir as portas para que você venha ter relacionamentos pessoais incríveis, em todas as esferas da vida.

Em contrapartida, o descontrole emocional produz relacionamentos difíceis, casamentos apáticos e competição desleal no ambiente de trabalho.

Por não controlarmos nossas emoções precisamos de doses ainda maiores de distrações pois não sabemos lhe dar com elas.

Desenvolvemos a maturidade para aprender a lhe dar com aquilo que vem para tentar tirar o nosso foco.

E um desses ladrões de foco é o conhecido Jogo Candy Crush, tem feito muitos caírem na armadilha da distração.

Esse é um famoso jogo de combinações, aonde você combina doces para ir evoluindo de níveis. E o pior de tudo, foi desenvolvido para o Facebook que é outro ladrão de atenção cuja iremos tratar no próximo tópico.

Como um jogo tão simples conseguia sequestrar a atenção de tanta gente?

A ideia simples de combinar os doces com uma interface bem atraente o faz parar de pesar por um momento nos problemas e exercitar a boa distração, ou o que chamo de higiene mental.

E como um vírus ele se alastrou “infectando o celular do mundo inteiro”. E dois anos depois do seu lançamento tornou-se um sequestrador de mentes que gastam tempo tentando combinar doces nos 605 níveis distribuídos em 40 episódios.

Não só o Candy Crush como muitos outros jogos se tornaram um ambiente de fuga para muita gente, pois tem um poder incrível de distrair a mente e aliviar a pressão.

É como se fosse um analgésico mental que corta a ansiedade, o faz esquecer a tristeza e abafa a raiva, mas por pouco tempo, pois você não pode passar 24 horas com ele aberto, então ao fechar o aplicativo, todos os problemas retornam ao picadeiro da mente.

Acredito que não exista alguém blindado contra a ansiedade, pelo menos em algum nível passamos por algum problema que gere ansiedade, deprimido ou com medo.

Não existe também quem não tenha seu momento de relaxamento, ou seja, um ponto de fuga, um lugar segura para se esconder.

Esse momento de fuga cria, entre você e o problema, uma barreira, que surge quando você está mergulhado em um jogo atrativo, quando navega nas redes sociais ou quando mergulha de cara na Netflix.

O que nós precisamos fazer é eliminar de uma vez por todas esses momentos que parecem mágicos quando estamos nos distraindo e buscar a solução para o conflito ou problema que estamos enfrentando.

Para adquirimos maturidade nesse nível precisamos tomar uma decisão de realmente viver baseado naquilo que faz sentido para nossa vida.

#3 As mídias sociais e sua sensualidade

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz - midias sociais

Como o Facebook tem nos entorpecido, ele é mais um dos ópios desse tempo.

Já estamos tão viciados nessa rede, que a entrada nela ocorre no piloto automático, quando pegamos o celular, entramos praticamente no piloto automático.

Além de ser um ambiente de muita distração, somos levados por uma enxurrada de conteúdos inúteis, muito conteúdo que não aproveitaremos para nada.

Nós somos um recipiente, e tudo que vemos e ouvimos além de gastar nossa energia, fica guardado em nós.

Por isso as mídias sociais são tão prejudiciais, pois te obriga a consumir uma quantidade enorme de lixo digital que é postado minuto a minuto.

E o problema não nem tanto o lixo que ela te oferece, o problema é que você fica viciado nele, de uma tal forma que quando você não o está consumindo fica inquieto, demonstrando já um outro nível de ansiedade quando lhe falta o seu ópio digital.

Não só o Facebook mas o Instagram também tem roubado a mente de muita gente.

Porque chamamos de as mídias sócias e sua sensualidade?

A carência é algo que tem afetado muitas pessoas. Nessas horas, a sensibilidade se aflora e qualquer curtida, compartilhamento, comentário que é deixado em nossas fotos já eleva a nossa autoestima.

Sem falar nas belas fotos sensuais que são despejadas nas redes sociais, e a carência faz com que você se exponha facilmente para ser admirado(a) ou passe a procurar por quem admirar.

De alguma forma você se engana passando horas e horas visualizando fotos, curtindo e compartilhando conteúdo.

Esses pequenos vícios que adquirimos se estendem até que se tornem parte de quem somos.

Os maiores vilões disso tudo são os pensamentos repetitivos e os conflitos internos. Algumas causas de distrações identificamos facilmente, como uma TV no volume máximo ou pessoas conversando a nossa volta enquanto você tenta ler o seu livro.

Há também alguns estímulos físicos, como a dor de cabeça, desconforto digestivo ou até mesmo déficit auditivo ou visual.

Mas o que fazer quando o motivo da perda de foco e do enfraquecimento do seu poder de realização não é percebido logo em um primeiro momento?

O habito é construído mediante muita persistência, então talvez não percebamos no primeiro momento o que nos rouba a atenção, no entanto, logo nos vemos dispersos, dai precisamos voltar os pensamentos até o ponto de distração e analisar mentalmente o que foi que nos fez perder o foco.

O que foi que aconteceu que nos fez abandonar tudo e recorrer as redes sociais? Observando esse ponto em questão podemos evitar futuramente a distração que tem nos importunado.

Eu acredito que precisamos de pausas, como pequenos momentos para respirar profundamente e usar uma mídia social, ou fazer um telefonema, dar uma olhada na caixa de entrada de e-mail, mas tudo depois que você tiver cumprido com sua meta ou tempo estabelecido.

Existe uma técnica de produtividade muito conhecida chamada pomodoro, aonde você trabalha por 45 minutos, pausa 5 e daí retorna para mais 45 minutos de trabalho.

Quando estabelecemos metas, propósitos, tempos e fazemos compromissos conosco mesmo fica bem mais fácil de lhe dar com as distrações.

O mindset com foco e disciplina

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz - mindset

De acordo com o ph’D e Master Coach Paulo Vieira, desenvolvedor do Método CIS e o Poder do Foco em seu livro O Poder da Ação afirma que seus estudos e experiências, tabulou três tipos de foco: manter a atenção em metas e objetivos que de antemão foram estabelecidos.

Esse foco chamamos de FOCO VISIONÁRIO.

Confira aqui o artigo completo sobre Foco e Disciplina

Que é ter uma visão de futuro clara e verdadeiramente visual, a ponto de fechar os olhos com bastante facilidade e ver seu destino pretendido ou suas metas.

A clareza com certeza irá trazer grandes benefícios para você, tanto em relação a procrastinação, a falta de foco e disciplina.

Mas mesmo assim ainda tem muita gente sabendo onde quer chegar e o que quer conquistar, não conseguiam cumprir seus objetivos ou então demoravam anos para conquistar.

Então nos vem um questionamento: Por que essas pessoas não conseguem realizar suas metas se elas continuam sabendo exatamente o que querem sem perder a perspectiva do seu alvo?

A resposta é que elas não possuíam a força da incandescência. Elas não conseguiam produzir energia suficiente para mobilizar a si mesmas, muito menos para alterar os acontecimentos quânticos ao seu redor.

A essa capacidade de produzir energia suficiente através do comportamento, do pensamento e do sentimento direcionados chama de FOCO COMPORTAMENTAL.

Em outras palavras, foco comportamental é a capacidade de colocar atenção racional concentrada e forte energia emocional em seu objetivo e sua meta.

No Foco visionário é colocada a intenção, já no foco comportamental é colocada a atenção intelectual e emoção.

É por meio do foco comportamental que alcançamos as mudanças e as conquistas.

Como se produz o foco comportamental?

São três os canais neurológicos que usaremos para produzir foco comportamental

O primeiro canal neurológico do foco comportamental é a comunicação em todos os seus níveis e seus estilos.

Cada vez que falo sobre o meu foco visionário, estou tendo foco comportamental e produzindo energia de realização.

Sempre que escrevo ou tenho alguma ação ou comportamento na direção do meu alvo, estou produzindo energia de realização.

Sempre que me relaciono com pessoas que compartilham das mesmas metas e dos mesmos objetivos e investimos tempo falando sobre nosso alvo, mais uma vez estarei produzindo foco comportamental através da comunicação.

O Segundo canal neurológico para a produção do foco comportamental é o pensar.

E para dar mais força a isso cito a passagem bíblica que diz:  “Assim como tu pensas, tu és” (Provérbios 23:7).

Para abastecer sua mente da carga necessária de pensamentos positivos e produtivos você precisa ler o máximo possível sobre o assunto, você precisa dedicar tempo ouvindo casos de sucesso sobre o seu objetivo, você precisa ter à mão livros, revistas, CDs, DVDs e tudo o mais que produza o que chamo de incandescência focal, ou seja, poder de realização.

Você terá produzido foco comportamental quando você dormir pensando na sua meta, quando você acordar pensando na sua meta.

Quando estiver se alimentando e o tema central em sua mente for a sua meta a ser realizada.

O terceiro canal para produção do foco comportamental é o sentimento.

Como já vimos, o comunicar e o pensar contínua e positivamente sobre o seu foco visionário vai produzir os sentimentos necessários para o desenvolvimento do foco comportamental.

Contudo, a maneira mais poderosa de produzir os sentimentos certos e na intensidade certa é fazer repetidos e intensos ensaios mentais.

Veja esse tema com mais detalhes neste artigo sobre ~> Reprogramação Mental

Ou seja, ver-se agindo na direção de seu objetivo e também realizando seus sonhos.

Bem, não vou me alongar mais, você já deve ter entendido aonde quero chegar.

Você é quem guia seu destino, tomará as decisões melhores a sua disposição.

Se você deseja aprender mais com o Paulo Vieira sobre FOCO, recomendo o mini-curso gratuito dele de 7 Videos sobre o Poder do Foco!

setas proposito de vida

foco e disciplina paulo vieira

 

CONCLUSÃO

3 Formas de perder tempo e destruir seu futuro de forma eficaz - conclusão

Aprender é igual a mudar.

Modifique-se para mais próximo das suas metas e encontrará mais satisfação e alegria!

Quando você aprender a dizer não para o que não faz sentido para você verá o SIM que tanto almeja!

Com o que você tem perdido tempo? deixe nos comentários abaixo!

Share:
Perfil Alinhamento Mental

Deseja Sair da Teoria e ir Para o Próximo NIVEL em TODAS as Áreas da Sua VIDA?

Coloque seu e-mail abaixo e faça parte dessa comunidade de revolucionarios que mudam a si mesmos e estão TRANSFORMANDO TUDO a sua volta!

Lhe enviamos um e-mail para você confirmar que realmente deseja fazer parte da nossa comunidade! Vai lá =)