AutoconhecimentoFocoMudança de Hábitos

3 Maneiras de Hackear a sua realidade e distorcer a sua Visão de Mundo!

hackear a sua realidade
3 Maneiras de Hackear a sua realidade e distorcer a sua Visão de Mundo!
(5) 100% (5) votos

Você já se imaginou imergindo em um universo paralelo totalmente o inverso do que você vive hoje, para hackear a sua realidade?

Se já, você está no lugar certo, e se não também, quero aqui nesse artigo mudar totalmente os seus conceitos relacionados ao mundo a sua volta.

Quero quebrar as regras, definir novos padrões, eliminar crenças, distorcer a realidade e inverter sua visão.

Porquê fazer só o que você ver todos fazerem? Porque se conformar com a normalidade ou a simplicidade? Porque aceitar aquilo que te oferecem sem questionar?

Temos uma tendência muito forte de aceitar tudo como é, não queremos muito ter trabalho com mudanças, com aquilo que pode de alguma forma trazer algum trabalho para nós.

Por isso ficamos na zona de conforto sempre procrastinando e não realizando aquilo que verdadeiramente pode trazer algum resultado para nós.

Mas se você quer mudanças realmente incríveis e extraordinárias na sua vida, uma MUDANÇA que ultrapasse os 100% e que te leve a um nível altamente elevado em todas as áreas da sua vida, você não pode se conformar com o padrão que te foi oferecido.

Existe inúmeras possibilidades que você poderá testar para alcançar níveis extremos na sua vida.

E por isso você será um hacker, pois você mudará tudo em você até ter toda a sua realidade alterada. O que eu irei hackear na minha vida?

#1 Hackeando a sua força de vontade

#2 Hackeando seus padrões

#3 Hackeando o aprendizado

Gostou do que está por vir? Ajude mais pessoas a hackearem suas vidas. Compartilhe nas suas redes sociais

Facebook

Twitter

Linkedin

Google+

 

Hackeando a sua força de vontade

hackeando sua força de vontade

Decidi começar pela força de vontade porque creio que ao invés de ela nos ajudar ela acaba é nos atrapalhando mais e mais pelo fato de confiarmos de mais nela.

Precisamos entender que a força de vontade assim como um botijão de gás quando usado vai se esgotando até chegar ao seu final, e essa é uma das grandes armadilhas que você próprio constrói e nem percebe quando cai nela.

É muito natural você começar algo com todo “gás” com a força de vontade a um nível altíssimo para começar determinado projeto, eliminar um mau hábito, terminar sua monografia ou um artigo para o seu blog, seja lá o que for, sempre que algo está queimando dentro de nós damos todo nosso gás naquilo.

O grande problema é quando esse gás acaba, e nos vemos desanimados, desestimulados, sem energia para executar determinada tarefa ou prosseguir em direção a meta que havia estabelecido.

O que fazer diante da ausência da força de vontade?

Para hackear a sua realidade e força de vontade, você precisa entender se realmente você quer fazer o que você quer fazer. Quer?

Então ao invés de gastar sua energia ou a sua força de vontade para fazer o que você realmente quer fazer você vai utilizar sua força de vontade para construir um sistema de hábitos arquitetando justamente o que você deseja realizar, pois um hábito depois de implantado fica muito difícil de ser arrancado.

E depois do hábito implantado você não irá mais precisar de força de vontade para realizar determinada tarefa, pois ela já estará fazendo parte de você.

Como construir o sistema de hábitos?

Vamos supor que você precise escrever um artigo por semana para o seu blog, e ai você se planeja para escrever uma vez por semana para postar o artigo como planejado, você constrói esse sistema escrevendo um artigo por semana? NÃO

Vamos quebrar as regras tradicionais, pois você precisará escrever um artigo por dia no mínimo, e enquanto você estiver com energia e disposição não será tão difícil você escrever um artigo por dia, pois se você for cair na armadilha de escrever um artigo por semana, chega na terceira ou quarta semana você não terá mais energia para dar continuidade, não terá artigos para postar e também não desenvolveu o hábito da escrita para fazer parte da sua vida.

Existe uma pesquisa que afirmam que quando você faz algo durante 21 dias consecutivos aquilo é implantado em você como um hábito, veja bem como falei, não é 21 vezes e sim 21 dias consecutivos, então se você escreve um artigo hoje, outro só semana que vem você já quebrou a construção de um hábito que poderia ser construído.

Semana que vem você escreve, aí para novamente, quebrou novamente o processo de construção do hábito, então dessa forma nunca a escrita se tornará um hábito na sua vida, como consequência quando a sua força de vontade minar você não terá forças também para escrever um único artigo se quer.

Mas para evitar qualquer tipo de falha no processo eu prefiro alongar para 30 dias, que é o que chamo de mudança dos 30, para evitar qualquer tipo de erro.

Para ver com mais detalhes esse assunto sugiro que você clique AQUI e leia o nosso artigo completo explicando Como Eliminar os Maus Hábitos

Os primeiros dias são os mais difíceis ou dolorosos, mas se você realmente sabe o que quer não será problema para você, ainda mais com a força de vontade que você inicia, e olhando para o nosso exemplo se você conseguir por 12 dias você já tem artigos para 12 semanas, e como consequência sua produtividade irá aumentar muito mais porque depois de escrever uma quantidade grande de artigos você terá tempo para realizar outras tarefas.

destrave seu cerebro

  1. Hackeando seus padrões

hackeando seus padroes

Padrões são sistemas estabelecidos, métricas, medidas especificas para determinar algo ou algum resultado.

Todos nós somos conduzidos por padrões em nossas vidas, inclusive as leis são padrões para gerir a sociedade, estabelecendo limites e mantendo a ordem.

Mas para hackear a sua realidade você precisará ir além.

Na nossa criação foram estabelecidos alguns padrões, padrões para tudo, desde a nossa conduta até a nossa educação foram estabelecidas por vários padrões, claro que tem alguns padrões que iram variar de família para a família.

Mas existem padrões gerais que servem para manipular a massa e manter as pessoas presas a um certo tipo de padrão, como zumbis que são guiados pelo sistema por meio de algumas ferramentas próprias para mover as pessoas por onde eles querem que elas vão.

Um dos padrões que foram estabelecidos como dogma da sociedade são: “você precisa ter um diploma para ser alguém na vida”; “Você precisa fazer um concurso público, assim você terá sua segurança garantida”; “trabalhe pela sua aposentadoria” etc. e por ai vai.

Assim nós não conseguimos alcançar alguns resultados na vida, porque estamos padronizados com uma forma de pensar e de ver o mundo.

E é por isso que precisamos hackear nossos padrões para assim começarmos a ver o que ninguém vê, começar a agir diferente da massa, e assim termos resultados diferentes da massa.

O hacker é aquele que quebra padrões, ele não aceita viver padronizado, mas ele tem o controle da sua vida, e ele decide o que fazer com os padrões que foram estabelecidos sobre ele para hackear a sua realidade.

O hacker tem o poder de decisão, pois ele compreendeu que se ele não tomar suas próprias decisões sempre terá alguém que tomará por ele.

Então se eu não despertar para hackear os meus padrões e assim viver a uma vida plena e realizar todos os meus sonhos continuarei sendo controlado ao invés de controlar, e nunca realizarei nada de extraordinário para deixar para as próximas gerações.

Homens que hackearam seus padrões deixaram legados para hackear a sua realidade

Você conheceu Mahatma Ghandi, o indiano que modicou os padrões da sua geração por acreditar que as coisas não poderiam continuar da maneira que estavam?

Em 1915 quando Ghandi retorna a Índia, depois de um grande período na africa do sul como advogado, ele passa a exercer o papel de conscientizador da sociedade hindu e muçulmana na luta pacífica pela independência indiana, baseada no uso da não violência.

O uso da não violência baseava-se no uso da desobediência civil.

Ele não só elevou seus padrões, mas também os padrões de todos que começaram a segui-lo.

Se você quer ver mudança e realmente fazer acontecer, você precisará elevar todos os seus padrões para um outro nível.

Anthony Robbins, em seu livro “Desperte o Gigante Interior”, falou o seguinte: “Quando me perguntam o que realmente mudou minha vida oito anos atrás, eu digo que a coisa mais importante foi mudar o que eu exigia de mim mesmo. Fiz uma lista de todas as coisas que não aceitaria mais na vida, de todas as coisas que não ia mais tolerar, e de tudo o que aspirava a ser.”

É hora de dizer CHEGA!

Uma das grandes dificuldades que nós temos é de dizer “não”, mas precisamos aprender a dizer não a todo e qualquer custo. Como você fará isso?

Você precisa identificar o que realmente você quer. O que você aspira para sua vida? O que você deseja ser nos próximos 5 anos?

Se o que você estiver fazendo agora não estiver em concordância com seus projetos de vida e com seus sonhos, exclua da sua vida. DIGA NÃO!

Sempre pense nas consequências a longo prazo, homens e mulheres que hackearam os seus padrões, e agiram de acordo com o que haviam estabelecido, decidindo que não aceitariam menos do que haviam estabelecido, marcaram a sua geração e deixaram um legado para eternidade.

A história nos mostra os exemplos de pessoas que nos deixaram um legado fora do comum: Leonardo da Vinci, Abraham Lincoln, Helen Keller, Mahatma Ghandi, Martin Luther King, Jr., Rosa Parks, Albert Einstein, César Chávez, Soichiro Honda, não só esses, mas muito outros deram passos espetaculares pois decidiram elevar os seus padrões.

Veja o Guia Completo para você Reprogramar a sua MENTE clicando AQUI

  1. Hackeando o aprendizado

hackeando seu aprendizado

Você se considera uma pessoa inteligente ou burra?

Essa é uma pergunta nada inteligente, porem existem pessoas que se classificam como inteligentes, enquanto outras se classificam como burras.

Para hackear a sua realidade você precisará compreender isso!

Mas será que existe uma classificação estática quanto a ser burra ou inteligente?

Na verdade, o que existe são crenças limitantes ou crenças fortalecedoras, que acabam trazendo convicções distorcidas ou reais da própria realidade.

Pela falta de conhecimento muitos acreditam piamente que não podem avançar, que não podem aprender como aquele rapaz que só tira boas notas, como se fosse algo genético.

Eu nasci assim e vou viver o resto da minha vida assim.

Porem se você não sabe, o nosso cérebro é muito parecido com um músculo, que se exercitado da maneira correta pode atingir qualquer tipo de resultados, não existe limites.

Sabendo disso estamos quebrando a crença de que exista cérebros melhores que os outros, existem cérebros maus trabalhados e cérebros bem trabalhados.

Vamos então entender a diferença da inteligência fixa para a inteligência dinâmica.

A inteligência fixa ela é medida pela quantidade de pontos que são atingidos, como o QI que é uma forma de medir o quociente de inteligência, e isso coloca você como um personagem estático que não sofre alterações.

E se você acredita que a inteligência é uma quantidade definida como por exemplo a sua altura, você é inteligente ou você é burro.

E se você é burro o máximo que você conseguirá fazer é fingir que você é uma pessoa inteligente fazendo cara de inteligente rs.

E no caso esse gosta de estar com pessoas menos capacitadas, para poder brilhar entre eles e se sentir “um inteligente” por um período de tempo enquanto está com essas pessoas.

Alguém que busca resolver desafios mais simples, como fazer uma prova moleza, tira 10 e se sente muito inteligente.

Imagine aquela criança, talvez possa ter sido você, que sempre tirou notas boas, era elogiado por todos, e ela mesmo acreditava ser uma pessoa superinteligente.

Certo dia ela é aprovada para o vestibular, entra para faculdade, e na vida universitária ela acaba que encontra outras pessoas que são ainda mais capacitas, então ela vai ter desafios que ela nunca teve antes.

E ai pela primeira vez na vida ela é reprovada em uma prova difícil da faculdade, e se essa pessoa entende que a inteligência é um modelo fixo, essa reprovação é um motivo para desmoronar o mundo da pessoa.

Ela fica cheia de dúvidas e passa a se questionar: “como pode ter acontecido isso? ”. Esse é o grande problema com o modelo fixo de inteligência.

Os desafios da vida acabam se revelando uma ameaça para a autoestima, e os fracassos se convertem em derrotas que mostra que nós somos um lixo.

E como uma consequência lógica, passamos a evitar os desafios complicados, e criamos uma bolha para nos proteger, ficando na nossa zona de conforto.

E a única solução para esse problema é sair da zona de conforto e partir para o segundo modelo de inteligência que é o Modelo de Inteligência Dinâmica.

Na interpretação do modelo de inteligência dinâmica o mundo não é dividido entre pessoas burras ou pessoas inteligentes, assim como existem pessoas altas ou baixas.

Inteligência dinâmica significa que a inteligência pode ser cultivada.

A inteligência pode ser incrementada com esforço e com dedicação e isso permite dizer que uma pessoa é mais qualificada ou capacitada do que uma outra pessoa.

E essa qualificação é algo que foi fruto de um treinamento especifico para uma certa área de atividade, ou seja, uma pessoa pode ser incompetente em matemática, mas ela pode ser extremamente competente tocando violão.

Precisei passar esses fundamentos primeiro a respeito da nossa inteligência para não começarmos já a aprender algo com crenças que poderiam atrapalhar o seu desempenho na hackeação do seu aprendizado.

Como podemos aprender de forma eficaz?

De acordo com Renato Alves, recordista do gueenes books, A Memória é servida pela nossa capacidade de concentração, ou seja, ela é totalmente dependente da nossa capacidade de concentração e atenção.

Mas para eu atingir essa capacidade de concentração eu preciso estar motivado, sem motivação eu não vou conseguir manter o FOCO naquilo que estou tentando aprender.

O foco não é necessariamente um estado alterado de consciência como as vezes as pessoas acabam compreendendo, o foco não é um estado mental, o foco ele é uma condição gerada pela motivação.

O foco está ligado a um motivo, motivo para AÇÃO, ou seja, MOTIVAÇÃO.

Você conhecer O Poder do Foco? Veja AQUI

A concentração é diferente, pois ela é um estado da mente humana, ela é a capacidade de manter a mente em silencio, e manter uma única área de atenção.

O aprendizado depende desses dois elementos. Então o aprendizado, ele não é efetivo quando falta concentração, e a concentração não funciona quando não existe uma motivação, que é o foco.

Entendendo esses conceitos, como poderemos então aplicar de imediato em nossas vidas?

O primeiro ponto que precisa ser estabelecido é o horário do aprendizado, precisa-se todos os dias de uma hora dedicado ao aprendizado, que irá exigir de você disciplina para está lá todos os dias no mesmo horário.

Uma dica poderosa seria retirar tudo que você tem em cima da mesa, isso é uma dica para melhorar a percepção e a memorização do conteúdo.

Para quem não tem essa força moral para dizer: “quero me concentrar na leitura” ele pode começar de uma forma mais pratica, pois, o cenário mudou. Agora é você, o livro e mais nada.

Com a mesa limpa você ganha consciência do ato de ler, e com a mesa limpa, sem nada para te atrapalhar você consegue aumentar sua capacidade de percepção visual ou a capacidade de percepção do que você está lendo, então você começa a ter um aprendizado muito mais forte.

E depois que você leu e percebeu um ponto útil que você precisa aplica-lo urgentemente você vai fazer o que?

Você vai fazer um processo que nós chamamos de confirmação.

Eu pego aquele trecho que eu li do livro e eu vou explicar aquilo, para mim mesmo, ou para minha equipe.

Quando você tenta de alguma forma transferir aquele conhecimento, você consegue lembrar daquilo na hora de executar determinada atividade.

Ensinar é uma técnica muito poderosa para a memória, ou seja, quando você passa aquele conhecimento você prende ele em sua memória.

Concentração = CONCENTRAR NA AÇÃO

A execução tem esse outro ponto que é a disciplina.

As vezes a pessoa não consegue ter o êxito no foco, naquilo que ela determinou e ai não tem disciplina suficiente para pagar o preço, que é fundamental para qualquer conquista.

O que é pagar o preço?

Se a realização de um objetivo implica em trabalhar 3 horas seguidas todos os dias, então precisamos ter essa disciplina para executar essas 3 horas.

Então as vezes essa concentração para realizar o objetivo é porque ela não está bem resolvida com relação a esse processo de pagar o preço. Qual o preço que tenho que pagar para ter esse objetivo?

Se o preço for mais auto que o resultado pode não valer apena encarar esse projeto.

Mas se os resultados superam o valor do preço (investimento) então pode ter certeza que vale muito apena pagar o preço.

Conclusão

conclusao

Bem, você entendeu o processo? Hackear a sua realidade vai bem mais além dos conceitos superficiais, precisamos verdadeiramente sair de um estado e mergulhar em um outro.

Diante desse estuo quero lhe desafiar a colocar em pratica hoje mesmo o que você percebeu que precisa para modificar a sua realidade atual.

Se preciso escreva quais metas vocês começará a cumprir para não mais viver nesse estado atual que você vive.

Tem alguma sugestão ou um hack fundamental para mudar a minha e a sua vida? Deixe nos comentários abaixo =)

Share:
Perfil Alinhamento Mental

Deseja Sair da Teoria e ir Para o Próximo NIVEL em TODAS as Áreas da Sua VIDA?

Coloque seu e-mail abaixo e faça parte dessa comunidade de revolucionarios que mudam a si mesmos e estão TRANSFORMANDO TUDO a sua volta!

Lhe enviamos um e-mail para você confirmar que realmente deseja fazer parte da nossa comunidade! Vai lá =)