Mudança de HábitosProdutividade

Maus Hábitos: Como Elimina-los Pode Te Transformar em um Super-Humano Altamente Produtivo e Determinado

maus habitos destaque artigo
Maus Hábitos: Como Elimina-los Pode Te Transformar em um Super-Humano Altamente Produtivo e Determinado
(5) 100% (42) votos

Você já percebeu o quanto os maus hábitos te desestimulam em sua trajetória de vida?

E se tem uma coisa que precisamos para alcançar os nossos sonhos é de estimulo e determinação, justamente o que os maus hábitos querem tirar de nós.

Maus hábitos comportamentais como uma má alimentação, falta de exercícios, roer unhas, fumar, procrastinação, por mais que você saiba que eles estão te prejudicando por que você não consegue largar?

Isso e muito mais veremos nesse artigo, que modificará sua visão sobre os maus hábitos

Podemos classificar os maus hábitos também como um vício?

Maus Hábitos é vicio
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Claro que sim, pois tudo aquilo ao qual não consigo viver sem posso classificar como um vício em minha vida.

Tem algum hábito ao qual você não consiga viver sem?

Pois de fato você tem um vício, e é justamente por isso que você não consegue largar.

Fique tranquilo, pois você não é o único.

existem milhões de pessoas cultivando maus hábitos em suas vidas e que estão cansadas assim como você de cultivar esse sinônimo de fracasso.

E só pelo fato de você está aqui já demonstra o seu desejo de mudança. ISSO É FUNDAMENTAL.

Você quer verdadeiramente abandonar os maus hábitos da sua vida?

Pois você precisa estar determinado a substitui-lo por um bom hábito.

essa é a única forma de eliminar um mau hábito da sua vida.

Continue lendo esse artigo, pois eu quero te mostrar como nós poderemos eliminar os maus hábitos de uma maneira altamente eficaz e que irá te levar a viver de uma forma muito mais plena e produtiva a sua vida.

O que você irá aprender nesse artigo sobre o processo de eliminação de maus hábitos (VÍCIOS)?

Mas afinal, o que é um hábito?

– Quer mesmo acabar com seus maus hábitos?

– Como funciona o processo de mudança?

– Como iremos mudar os nossos Maus hábitos?

Gostou do que vai APRENDER?

Quer que outras pessoas aprendam também e assim melhorem e tenham mais qualidade de vida?

Compartilhe esse artigo através dos links abaixo =)

Facebook

Twitter

Google+

LinkedIn

Mas afinal, o que é um hábito?

Maus Hábitos o que é
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Vencer é um hábito. Assim como fracassar!

Plante um pensamento, colha uma ação; plante uma ação, colha um hábito; plante um hábito, colha um caráter; plante um caráter, colha um destino. Stephen R. Covey – Escritor de “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

Acredito muito no que essa frase diz, e tenho levado ela comigo em cada minuto da minha vida.

Você já percebeu quanta profundidade e verdade a nessa frase?

Ela fala de consistência e repetição, que fazem parte de uma lei inquebrantável do universo.

Que é a Lei da Semeadura

Há algo que se repete nessa frase do início até o final, que é plante, colha, plante, colha, plante, colha.

E se tem uma lei que governa a vida de todos os seres humanos (mesmo aqueles que não a conhecem), se chama a lei da semeadura, ou seja, quando você não está plantando você está colhendo.

Mas quando ele fala de plantar algo, ele não está falando de jogar uma semente ali em uma terra qualquer e ir embora.

Ele fala sobre cultivar aquilo que foi plantado, por isso falei a alguns parágrafos atrás sobre consistência e repetição.

Impossível semear uma planta sem cuidar dela.

Vejo isso acontecendo todos os dias onde trabalho como terapeuta.

Lá existe uma bela horta aonde cultivamos de tudo, alface, tomate, pimentão, vinagreira, limão, pimenta etc.

Sempre tem um responsável pelo cultivo das hortaliças, frutas e verduras para não perdermos o plantio.

Então o que essa pessoa faz?

Ela repete todos os dias alguns processos para que aquele plantio venha a ser um sucesso.

E assim nos alimentar com as melhores verduras e frutas.

Assim um hábito é formado, pela consistência e repetição.

Podemos dar ao hábito essa definição também: aptidão adquirida, para reproduzir certos atos com tanto mais facilidade quanto mais tenham sido executados.

Então podemos dizer que o hábito existe para tornar todas as atividades que precisamos realizar na vida algo bem simples e fácil.

E se tratando da nossa vida, todo hábito começa a ser gerado nos nossos pensamentos, ou seja, na mente.

Ai você pode me fazer uma pergunta.

Todo pensamento se tornará um hábito?

Evidentemente que não, pois um pensamento para se transformar em ação ele precisa ser cultivado.

Não adianta pensar em algo hoje e no outro dia acordar com pensamentos todos fora de rumo.

Você precisa de foco em cada processo do plantio para que um hábito possa ser fixado em sua vida.

Portanto se você deseja estabelecer um novo hábito na sua vida você precisa começar por cultiva-lo em seus pensamentos.

Você já deve imaginar-se agindo dessa forma que você gostaria de agir.

E um pensamento cultivado, cuidado, regado, produzirá uma ação.

Que para se transformar em um hábito precisará passar pelo mesmo processo do cultivo, com muita consistência e repetição até se transformar em um hábito.

Já tem uma ação estabelecida?

Ela precisa ser plantada, cultivada, até se tornar um hábito.

Depois que se transforma em um hábito, pronto, você não precisa mais pensar de forma consciente para realizar aquela ação, pois você já está habituado.

Aquilo que antes era difícil e complicado se torna muito fácil e simples, isso serve para tudo que você deseja aprender.

Lembra quando você pergunta para alguém como se faz algo e aquela pessoa fala: “Há é muito fácil” e você responde: “Fácil para você que sabe”.

Mas na verdade um dia foi difícil para essa pessoa, mas de tanto ela praticar, construiu um mecanismo no cérebro que lhe permite realizar aquela atividade com muita facilidade e habilidade, por isso ela diz: é muito fácil.

E tudo aquilo que você se dispor a praticar com consistência e repetição, se tornará muito fácil também. E esse é o ciclo da vida.

Quer mesmo acabar com seus maus hábitos?

Maus Hábitos como acabar
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Bem, falamos sobre a lei da semeadura e que todos nós participamos querendo ou não desse processo, sabendo disso podemos também chegar à conclusão que os hábitos COMANDAM AS NOSSAS VIDAS.

De acordo com um estudo de 2006 realizado pela Duke University, cerca de 40% cento do que você faz diariamente é habitual.

“Toda a nossa vida, na medida em que tem forma definida, não é nada além de uma massa de hábitos”, escreveu William James em 1892.

Ou seja, você vive executando as mesmas ações, no mesmo local e ao mesmo tempo.

Muitos hábitos são bons e bastante uteis como, como se alimentar de forma saudável, fazer exercícios regularmente, ler bons livros com regularidade etc.

Já outros hábitos são prejudiciais, é o que chamamos de maus hábitos, tais como fumar, roer as unhas, beber de forma excessiva ou passar horas e horas na internet.

Você pode até considerar algumas rotinas apenas como pequenos obstáculos, mas algumas delas podem ter um impacto extremamente debilitante, a longo prazo, em sua vida.

Considerando que você está focado nesse artigo, pois está com um desejo ardente de eliminar um mau hábito, que muitas e muitas vezes vem agredindo a sua consciência.

É provável que você já tenha tentado isso no passado, e talvez você tenha sido bem-sucedido por alguns dias.

Então, um imprevisto aconteceu e foi onde você deu aquela “escorregada” por um ou dois dias.

Um erro provoca uma bola de neve em uma serie de contratempos.

Logo você desiste da ideia de mudar de hábito, simplesmente porque é muito difícil fazer isso.

Será que você está sozinho nessa?

Fique tranquilo, você não é um anormal, todos nós enfrentamos esse padrão em algum momento de nossas vidas.

Você deseja muito mudar um comportamento, mas você continua fracassando.

Isso não significa que você é um incapaz, preguiçoso ou tenha pouca força de vontade.

Isso significa que você não teve as ferramentas certas para realizar uma mudança de hábito duradoura.

O que você precisa (esse artigo oferece) é uma estratégia para identificar os seus piores hábitos e aprender a superá-los.

É o que eu chamo de Como Eliminar os Maus Hábitos da sua vida, e desfrutar de uma vida ESPETACULAR e GLORIOSA.

Preparado para a mudança?

E o que eu quero tratar com você aqui nesse artigo não é simplesmente dizer que você precisa mudar, isso você sabe, e eu sei também, todos nós precisamos mudar, mas a questão é COMO fazer isso?

Minha intenção ao elaborar esse artigo sobre os maus hábitos foi focar nos grandes porquês por trás de um comportamento negativo e como construir hábitos positivos para ajudá-lo a superá-lo.

E tudo que vou lhe falar aqui vivi na pratica, pois por muitos anos convivi com muitos maus hábitos.

Podemos chamar também de hábitos destrutivos em todas as áreas da minha vida.

Por muitos anos vivi uma vida desregrada.

Comecei a beber muito cedo, logo me envolvi com o cigarro, drogas de todos os gêneros.

Confesso que não foi fácil abandonar tudo de uma vez, tive que passar por um processo em uma comunidade terapêutica, e la aconteceu um dos maiores milagres da minha vida.

Mudei todos os meus hábitos destrutivos, inclusive maus hábitos alimentares

Não foi fácil, vi muitas pessoas desistindo, por achar que não conseguiria.

Entendi que os meus problemas eram de ordem mental e espiritual, e que eu precisava de um entendimento profundo para sair do estado em que eu vivia atolado em maus hábitos destrutivos e começar a entrar em um outro nível com novos hábitos.

E o primeiro hábito que desenvolvi foi substituir a TV pela Leitura, mas não era qualquer leitura, o primeiro livro que tive contato na comunidade foi a Bíblia.

Para mim não existe um livro mais excelente. Através da Bíblia tive o meu primeiro encontro com Deus.

Não estou falando com isso que você precise ler toda a Bíblia para mudar os seus hábitos, mas no meu caso foi essencial, pois comecei a fazer novas descobertas em relação a vida, em relação a Deus, em relação aos relacionamentos e em relação as circunstancias da vida.

Minha percepção de mundo foi totalmente alterada, e com a minha percepção alterada foi bem mais fácil suportar todo o processo de mudança pelo qual eu precisei passar.

Você pode passar por um processo de mudança?

No meu caso meu problema era com drogas químicas como o crack e a cocaína, por isso aceitei ir para uma comunidade como essa, e foi uma das melhores escolhas que fiz em toda a minha vida.

Não sei qual é o seu caso e nem os hábitos que você vem cultivando mas posso lhe afirmar com toda certeza que a decisão de mudança você pode tomar AQUI E AGORA.

Pois posso lhe garantir que não foi o local que me curou, mas foi a minha percepção que foi alterada por meio da Bíblia que fez com que eu passasse pelo processo que passei

E hoje estou aqui restaurado de todas as mazelas do passado lhe ajudando a alcançar resultados extraordinários para sua vida.

Isso é FANTÁSTICO.

E você? Quer ter a sua vida totalmente alterada agora? Vamos partir para a MUDANÇA!


Como funciona o processo de mudança?

maus hábitos processo de mudança
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Bem, como o próprio nome já diz, é um processo, mas pode começar aqui e agora e você pode começar a ter resultados aqui e agora, se você realmente acreditar tudo pode mudar.

No livro de Anthony Robbins,  Desperte o Gigante Interior, ele afirma que a mudança pode acontecer num instante.

“Eis que vos digo um mistério: Nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos…”
– I CORÍNTIOS 15:51

Posso te afirmar com todas as letras que esse livro mudou muito minha forma de pensar sobre algumas mudanças que eu desejava fazer na minha vida.

E ele afirma que todas as mudanças são criadas num momento.

Acontece apenas que a maioria das pessoas espera até ter certeza de que as coisas vão acontecer, antes de decidir efetuar uma mudança.

Se realmente compreendêssemos como o cérebro funciona, poderíamos suspender o processo interminável de analisar por que coisas nos aconteceram.

E se pudéssemos apenas mudar aquilo a que vinculamos dor ou prazer, conseguiríamos com a maior facilidade mudar o sistema nervoso condicionado, e assumir o comando de nossas vidas no mesmo instante.

E ai vem uma pergunta.

Por que a maioria das pessoas acha que a mudança demora tanto tempo?

Um motivo, óbvio, é que as pessoas já tentaram várias vezes, através da força de vontade, e fracassaram.

A suposição que fazem então é a de que as mudanças importantes devem levar muito tempo, e são sempre difíceis.

Não temos uma estratégia eficaz.

A força de vontade por si só não é suficiente… não se queremos obter uma mudança permanente.

O segundo motivo para não mudarmos depressa é o fato de que, em nossa cultura, temos um conjunto de convicções que nos impedem de usar nossas capacidades intrínsecas.

A uma crença muito negativa quando se fala de mudanças imediatas.

Para a maioria, a mudança imediata significa que nunca houve de fato um problema.

Se você pode mudar com tanta facilidade, por que não mudou há uma semana, há um mês, há um ano, e parou de reclamar?

Se você não sabe Anthony Robbins é um programador neuro-linguista, e a programação neuro-linguistica oferece alavancas para você operar mudanças instantaneamente em sua vida, que é justamente o que vamos fazer no capítulo seguinte.

A programação Neuro-Linguistica é uma tecnologia revolucionaria que realmente se compreendida faz maravilhas.

Mas não estamos aqui para dar uma aula de programação neuro-linguistica, mas para te mostrar alguns conceitos fundamentais da mudança que você precisa entender.

Mas quero deixar bem claro que você tem os recursos que você precisa a sua disposição para realizar uma mudança instantânea em sua vida e eliminar tudo que lhe atrapalha, inclusive os maus hábitos.

E se verdadeiramente você se empenhar e aplicar tudo que lhe passarmos você terá resultados extraordinários.

Leve realmente a sério, pois é a sua vida, é o seu destino que está em jogo.

O mito da força de Vontade

O Escritor e Blogueiro S.J SCOTT – Develop Good Habits fala sobre o “Mito da força de vontade” e ele afirma que essa é uma frase que utilizamos sempre que tentamos quebrar algum tipo de rotina negativa em nossa vida.

Na verdade, muitas vezes culpamos a falta de força de vontade quando as coisas não saem conforme o planejado.

Depois de fracassar, costumamos dizer algo como: “Eu não tive força de vontade suficiente para resistir à tentação.”

Mais o que as pessoas não entendem é que a força de vontade é apenas uma peça do quebra cabeça.

Quebrar um hábito não é uma simples questão de se arrastar pelo caminho ao longo do dia e jurar nunca mais cair naquela tentação.

Quando você tenta mudar um hábito, o fracasso decorre de um conceito chamado de “esgotamento do ego.”

No livro “Força de vontade” de Roy F. Baumeister e John Tierneyos descrevem o esgotamento do ego como “a capacidade reduzida de uma pessoa de regular os seus pensamentos, sentimentos e ações.”

A sua força de vontade é parecida com um músculo – ela enfraquece ao longo do dia, devido ao uso constante.

Você também tem uma quantidade limitada de força de vontade.

Uma vez que você chega ao seu limite, torna-se muito difícil concentrar-se e resistir às tentações.

Sua vida já está cheia de estresse, obrigações e muitas decisões.

Cada uma dessas ações usa uma pequena quantidade da sua força de vontade.

À medida que o dia passa, você vai ver que fica cada vez mais difícil regular o seu comportamento e continuar comprometido com a mudança de hábito.

(E é por isso que a maioria de nós “cai na farra” com os hábitos ruins tarde da noite.)

Como iremos mudar os nossos maus hábitos?

maus hábitos como mudar
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Vamos imaginar o seguinte:

Você resolveu correr por um mesmo percurso todos os dias.

Nesta rota existe um buraco bem no meio do seu caminho.

Um corredor inteligente irá planejar um percurso de corrida que desvie do buraco, certo?

Você pode tropeçar e acabar caindo por causa desse buraco nas primeiras vezes, mas uma vez que tiver feito o percurso que evita o buraco, você não irá mais pensar nele.

Você só irá desviar do buraco toda vez, sem ter que evitá-lo conscientemente.

Os hábitos, uma vez praticados por cerca de 30 dias consecutivos, tornam-se enraizados na sua psique.

Seu cérebro fica treinado para considerar o hábito normal, algo que deve ser esperado.

Mas antes de entrarmos no processo de forma detalhada preciso lhe passar algumas informações fundamentais sobre “FOCO” para você dar início ao processo de mudança de hábito.

Concentre-se em modificar um Hábito por vez (O poder do Foco)

Existe uma enorme probabilidade de você já ter tentado quebrar essa rotina no passado.

Como acontece com todas as probabilidades, você acabou falhando por não ter um plano, ou por que confiou de mais na sua força de vontade.

Mas ter fracassado no passado não significa que você também irá fracassar no futuro.

Normalmente o fracasso é o resultado de não se ter uma estratégia clara para vencer o hábito.

Você não seguiu o aquele antigo ditado: “Quando você falha em planejar, você planeja falhar.”

Então antes de prosseguir reserve um tempo para entender de fato do que você está desistindo; em seguida, planeje-se para a resistência que irá enfrentar ao longo da sua caminhada.

Nesse novo planejamento que você está fazendo é muito importante focar em um hábito de cada vez.

Lembra da quantidade de coisas que você falou que iria mudar a partir do dia primeiro de janeiro?

Não só você, mas uma quantidade enorme de pessoas elabora uma lista enorme de hábitos que desejam abandonar no ano seguinte.

E aí o que acontece? Em vez de se concentrarem em um comportamento, elas tentam corrigir a sua vida inteira – e tudo no dia primeiro de janeiro.

E por que essas pessoas falham? E Porque você falhou?

Porque é praticamente impossível mudar vários hábitos ao mesmo tempo.

A maioria não tem a força de vontade necessária para gerenciar várias novas rotinas.

Como resultado, uma falha geralmente resulta em uma bola de neve que que vai se agigantando com múltiplas falhas, quando se tenta fazer uma espécie de malabarismo com varias novas rotinas ao mesmo tempo.

Ai vem a frustração, que é tão grande que elas acabam desistindo de todas as suas novas rotinas.

Então, mesmo que deseje mudar verdadeiramente em varias áreas da sua vida, é bem melhor se comprometer com uma mudança de hábito por vez.

Dessa forma, você pode concentrar toda a sua energia (é o que chamo de foco) em fazer uma mudança.

Comprometa-se com o Desafio de mudança de hábito durante 30 dias

A muitas informações a cerca do tempo que se leva para fazer uma mudança de hábito com eficácia.

Algumas pessoas dizem que leva 21 dias, mas um estudo realizado por Phillippa Lally e sua equipe de pesquisa mostrou que são necessários 66 dias para criar uma rotina completamente nova.

Mas na minha opinião, por experiência própria é necessário de pelo menos um mês para quebrar um mau hábito.

Então, uma excelente maneira de começar é comprometendo-se com um desafio de hábito de 30 dias.

Já quero lhe adiantar que as primeiras semanas serão as mais doloridas, são nas primeiras semanas que a maioria desiste do processo de mudança de hábito.

Mas depois de ter passado por esse período difícil, fica bem mais fácil se fixar nessa nova rotina.

Para começar com o processo você vai fazer o seguinte:

1. Tenha um motivo

Comece escrevendo sobre o seu mau hábito em um diário.

Seja bastante especifico sobre o porquê isso importa.

O que você escreve não tem muita importância.

O importante é saber porque você quer fazer essa mudança e que resultado você espera desta experiência.

2. Obstaculo

Todo hábito tem um gatilho.

Pode ser um pensamento, sugestão ou ação que faz com que você queira executar o hábito ruim.

O seu trabalho é identificar qualquer gatilho que aparecer.

Use o seu diário para monitorar todos os gatilhos, anotando-os a medida que eles acontecem.

Inclua algumas informações importantes como:

Onde você está?

Quem está com você?

O que você está fazendo?

Que pensamentos estão em sua cabeça?

Estes dados que você está anotando são muito importantes para eliminar o mau hábito e substitui-lo por algo bom

3. Plano de ação

Anote uma visão geral do mau hábito, junto com as ações que você irá tomar passo a passo.

4. Estabeleça uma data de inicio

Anote a data do início do processo de mudança de hábito.

É muito importante você levar a serio esse objetivo.

Ter uma data de inicio irá criar muito mais energia e disposição para essa nova etapa de mudança em sua vida.

Vamos agora entender como funciona o seu mau hábito para podermos dar um basta nesse ciclo de fracassos que você vem criando em sua rotina.

Identificando a rotina do mau hábito

O que nós precisamos entender agora para eliminar para sempre esse comportamento é identificar o ciclo do hábito e compreender as motivações do porquê você faz isso com frequência.

Em seu livro, O Poder do Hábito, Charles Duhigg fala sobre “ciclos do hábito”

Que são as ações que lhe trazem a “deixa” para a recompensa.

Se você entender essas ações, você dará o primeiro passo em direção a fazer uma mudança de estilo de vida permanente.

A melhor maneira de eliminar de vez um mau hábito é substitui-lo lentamente ou “marcar” hábitos negativos com rotinas mais saudáveis.

Isso significa que ao invés de você perder tempo se concentrando no que você está perdendo, você vai seguir novas rotinas que lhe dão a mesma recompensa.

Uma vez que você programou uma “data de início,” você precisará levar algum tempo para entender o padrão de três etapas de seu hábito:

  1. A “Deixa”: Um gatilho situacional baseado em uma recompensa que você está procurando.
  2. A Recompensa: A satisfação que você procura ao seguir a rotina.
  3. A Rotina: A ação física ou emocional que você toma para obter a recompensa.

A “deixa” é o gatilho responsável por criar o desejo de obter uma recompensa.

A recompensa é a satisfação que você sente ao seguir essa rotina, ou é a remoção de estresse criada pela deixa.

A rotina é a ação que você toma para satisfazer esse impulso.

A melhor maneira de entender todo esse processo é analisar cada um dos componentes de forma individual, e é justamente isso que vamos fazer agora.

Registre os gatilhos do Hábito

Existe muitas coisas que podem gerar o anseio por você praticar certo hábito (uma visão, um cheiro, um som etc) muitas vezes é uma sensação que começa internamente e acaba acendendo o desejo.

Para fazer uma mudança definitiva e mudar esse mau hábito, você precisa entender de forma clara quando e porque esses “gatilhos acontecem”

Você pode fazer isso facilmente registrando essas 5 peças de informação sempre que você sentir a necessidade de se envolver em um mau hábito.

  1. Localização: Registre onde você está.
  2. Horário: Anote o tempo exato em que se sentiu a vontade.
  3. Humor: Registre o seu estado emocional e o que você está pensando.
  4. Pessoas: Quem está com você ou quem está ao seu redor?
  5. Ação: O que você acabou de fazer? O que você está fazendo agora?

A chave para esse exercício é a repetição. Se mantenha concentrado e focado em registrar estes cinco dados nas primeiras semanas da nova mudança de hábito.

Faça isso por pelo menos uma semana e você irá notar um padrão consistente para o seu comportamento.

Exemplo:

Vamos supor que você esteja tentando mudar o hábito da bebida alcoólica por outro hábito.

Vendo de forma superficial pode até parecer um hábito inocente, mas este hábito de beber o levou a uma série de problemas: brigas em casa, atrasos constantes, ou até mesmo você foi internado no mês passado.

Agora uma atividade que era apenas diversão, acabou se transformando em um problema sério.

Após fazer uma avaliação completa você irá perceber que estes 5 padrões se destacam:

  1. Localização: Bebendo na varanda de casa
  2. Horário: 20h00
  3. Humor: Estressado e Deprimido
  4. Pessoas: Com “os rapazes” (Fernando, Joel e Alessandro)
  5. Ação: Assistindo ao jogo de futebol

Seu objetivo é reduzir o seu consumo de álcool.

Depois de rastrear esse hábito por algumas semanas, você irá perceber que o problema ocorre com mais frequência quando você está estressado ou quando sente vontade de assistir futebol com seus amigos.

Ao analisar esses gatilhos, você já sabe que o seu consumo é causado por um desejo de se sentir relaxado e reduzir o estresse.

Mais importante ainda, é uma atividade que você prefere compartilhar com outras pessoas.

Solução: Tente uma ROTINA diferente

O fato interessante sobre os hábitos ruins é que muitas vezes eles vêm de um desejo de receber uma recompensa subconsciente. Normalmente fazemos o que fazemos porque queremos nos sentir relaxados, felizes, energizados, aceitos ou amados.

A boa notícia é que você pode substituir um hábito ruim por uma nova rotina e ainda receber esse benefício positivo.

O truque é fazer experiências com novas rotinas e encontrar uma que produza a mesma recompensa subconsciente.

Na verdade não iremos mudar a “deixa” ou seja o “gatilho e nem a “recompensa”, só mudaremos a ROTINA, pois é ela que vem lhe atrapalhando e trazendo consequências ruins para sua vida.

EXEMPLO:

Deixa ou Gatilho         ->               Rotina       ->                 Recompensa

Estressado/Deprimido ->               Bebida       ->                Aliviar, tirar o stress

Precisamos pensar em uma nova ROTINA, mas para satisfazer a MESMA NECESSIDADE de se sentir aliviado e tirar o stress

Vamos voltar ao exemplo de antes – o do consumo exagerado de álcool.

Depois de identificar os gatilhos por alguns dias, você percebe que o hábito de beber vem de uma necessidade de reduzir o estresse e de se sentir relaxado.

É também um subproduto de um desejo de se socializar e se divertir.

Então, você pode planejar estratégias diferentes sempre que você sentir a necessidade de relaxar:

  • Fazer uma caminhada de 10 minutos pelo bairro
  • Fazer uma atividade diferente com os amigos em vez de beber
  • Criar novas conexões e construir sua rede social
  • Meditar por meia hora

Estressado/Deprimido  ->   Caminhada       ->        Aliviar, tirar o stress

Estressado/Deprimido ->    Ler a Bíblia e Orar       ->        Aliviar, tirar o stress

Nem todas essas estratégias serão boas para a sua situação, mas este processo é importante porque você está tentando encontrar uma nova rotina que ofereça uma recompensa semelhante à recompensa produzida pelo hábito ruim.

CONCLUSÃO

Se você realmente colocar em pratica o que você aprendeu com esse pequeno artigo sobre os maus hábitos você irá atingir níveis maiores de produtividade e auto-confiança, sem falar da enorme vitoria que você começará atingir em todas as áreas da sua vida.

Estou muito feliz de poder contribuir para sua transformação e poder alterar o seu destino.

Sei que algo altamente poderoso aconteceu com você hoje.

desejo todo o sucesso do universo para você, continue firme e saiba que seu destino está nas suas mãos, por isso, Mãos a OBRA!

Abraços..

Share:
Share This
Perfil Alinhamento Mental

Deseja Sair da Teoria e ir Para o Próximo NIVEL em TODAS as Áreas da Sua VIDA?

Coloque seu e-mail abaixo e faça parte dessa comunidade de revolucionarios que mudam a si mesmos e estão TRANSFORMANDO TUDO a sua volta!

Lhe enviamos um e-mail para você confirmar que realmente deseja fazer parte da nossa comunidade! Vai lá =)